Diego Lins

Criando uma relação equilibrada com os cães!

Pular em Pessoas



Esse é um comportamento muito desconsiderado pelos proprietários, pois é visto como uma expressão de alegria e animação. Mas para que este problema seja tratado, antes de tudo, o dono tem que reconhecer que isso é um problema.

Cães que desenvolveram esse hábito, geralmente nunca foram corrigidos e não sabem lidar com as pessoas no momento que as conhecem. Pessoas que se aproximam do cão com muita excitação, tendem a estimular ainda mais este comportamento dando bastante carinho e falando com voz doce.

Esse tipo de comportamento acaba gerando um desconforto no convívio doméstico e social. Cães educados sabem respeitar seu dono, crianças, mulheres grávidas e pessoas em geral.

Algumas razões podem desencadear pulos em pessoas: falta de rotina, falta de engajamento com pessoas no dia a dia, caminhadas não estruturadas e falta de condicionamento quanto a aproximação de pessoas.

Por fim, podemos verificar que pular em pessoas nada mais é do que excitação, falta de regras e limites, falta de orientações e estrutura de rotina na vida do cão.


VOLTAR